sábado, 10 de abril de 2010

Modo de Produção Socialista

No século XIX, em razão da concentração de capitais nas mãos de alguns poucos e do empobrecimento da imensa maioria da sociedade gerados pelo capitalismo, intelectuais e lideranças operárias começaram a formular ideologias e contestaram a propriedade privada dos meios de produção. A mais importante delas foi o socialismo. Este, inicialmente, manifestou-se como “socialismo utópico”, ou seja, propostas visando
a edificação de uma sociedade mais justa. O “ponto fraco” do “socialismo utópico” era o fato de consistir em projetos sonhadores e românticos, além de desprovidos de uma análise crítica e científica da realidade capitalista. Saint-Simon (1760-1825) desprezava os comerciantes e banqueiros, tidos como setores sociais improdutivos, pregando uma comunidade baseada em cientistas, operários, economistas e empresários industriais. Outro pensador “socialista utópico” foi Charles Fourier (1772-1837) que propunha a criação de associações cooperativistas - os “falanstérios”- nas quais o trabalho seria voluntário e gerador de prazer pessoal. Por seu turno, o empresário Robert Owen (1771-1858) buscou elevar as condições materiais e culturais dos operários de suas fábricas. Obviamente, os ingênuos ideais do “socialismo utópico” não punham em risco as estruturas do capitalismo.
Em meados do século XIX, Karl Marx (1818-1883) e Friederich Engels (1820-1895) elaborariam os fundamentos teóricos do “socialismo científico”. A colossal obra de Marx apresenta cinco aspectos básicos:
em primeiro lugar, a formulação de uma “ciência da História” já que esta é determinada por uma lógica imanente. Noutros termos, o processo histórico apresenta uma racionalidade inerente. Marx dá a esta visão científica da História a denominação de “materialismo histórico”. No seu entender, os planos políticos e ideológicos das sociedades são determinados pelas condições econômicas. Tal conceito é explicitado pela frase – “a base material determina a consciência social”; o “marxismo” consiste, também, num método de análise da realidade social – o “materialismo dialético” – que busca definir a história e as estruturas sociais como frutos de “contradições internas” . Para o pensador alemão, todo e qualquer sistema sócio-econômico “traria em si os germens de sua própria destruição”. O capitalismo, por exemplo, implicava a existência de duas classes sociais antagônicas, a burguesia e o proletariado. Desse conflito resultaria o socialismo. Assim, para Marx, o “motor” da História seria a “luta de classes”; Marx foi, também, o criador de uma “ciência política”, pois teorizou as relações entre o Poder e as classes sociais; uma “economia política” que procura apreender e explicar o modo de produção capitalista. No entender de Marx e Engels, o capitalismo seria vítima de uma contradição fundamental – a propriedade é privada e a produção coletiva. Isto traria como conseqüências, em primeiro lugar, a exploração do trabalho, raiz do lucro, e também a concentração da renda nas mãos dos capitalistas e
a crescente depauperização da classe operária. Esta “evolução catastrófica” do capitalismo provocaria a eliminação das classes médias e a agudização da luta de classes, cujo clímax seria a Revolução socialista a ser levada a efeito pelo proletariado;
por fim, o “marxismo”é, também, uma teoria que busca orientar a transformação revolucionária da sociedade. Daí a tese defendida por Marx, “os pensadores antigos se limitaram a pensar a História, agora é tempo de transformá-la”.

7 comentários:

  1. O capitalismo esta em alta devemos acabo com ele ;DDD

    ResponderExcluir
  2. o "socialismo utopico" como foi colocado representa a luta pela igualdade socioeconomica, mas o que vimos na pratica foi um sistema burocratico,corrupto e com enfraquecimento economico.....
    contudo, voltar ao socialismo representa retroceder a um sistema utopicamente borocratica e ditador.

    ResponderExcluir
  3. Como se o mundo que vivemos hj , gira em torno do capitalismo, fica meio complicado né ?

    ResponderExcluir
  4. oi professor sou um aluno de oitava serie me adiciona no msn para quando eu tiver duvidas meu msn é jhonaata.vloso@hotmail.com ah e tenho 13 anos obg tchau

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi Jhonaata!
      Me desculpe mais eu pouco utilizo o msn.

      Excluir
  5. eu gostaria de receber curiosidades por email porfavor mande para mim pelo msn;paulaweissheimer@hotmail.com

    ResponderExcluir